quarta-feira, 9 de abril de 2014

Bilhete Único Semanal já está valendo em SP

09/04/2014 - G1

Valor do bilhete é de R$ 38 só ônibus e R$ 60 integrado com trens. Novo sistema também está disponível para turistas

Auditório do Ibirapuera é uma dos pontos escolhido
Auditório do Ibirapuera é uma dos pontos escolhido
créditos: Divulgação/SPTrans
 
O Bilhete Único Semanal começou a valer em São Paulo a partir deste sábado (5). O novo sistema permite que os passageiros realizem quantas viagens quiserem, de ônibus ou metrô e trem, ao longo de sete dias, pagando um valor fixo de R$ 38,00 para um único meio de transporte. Caso opte pela tarifa integrada entre os meios de transporte, como ônibus e metrô ou ônibus e trem, o valor é de R$ 60 por semana.
 
Para os estudantes, a tarifa semanal é de R$ 19, para viagens ilimitadas no período. Segundo a SPTrans, o Bilhete Único Semanal poderá ser estendido a usuários eventuais, como nos casos de turistas. Neste caso, para utilizar o serviço, bastará realizar um cadastro prévio. A tarifa será de R$ 48 para ônibus e de R$ 75 para integração.
 
O passageiro que já possui o Novo Bilhete Único não precisa realizar um novo cadastro. Basta solicitar a opção semanal no momento da compra. Aqueles que ainda não o adquiriram, para ter direito ao benefício devem se cadastrar no site http://bilheteunico.sptrans.com.br.
 
Bilhete mensal
O Bilhete Único Mensal começou a funcionar em 30 de novembro do ano passado. Principal promessa de campanha de Haddad, o Bilhete Único Mensal torna possível aos passageiros fazer diversas viagens de ônibus durante o mês por um preço fixo de R$ 140. Até o dia 31 de março, 498.044 pessoas já haviam realizado o cadastro no site da SPTrans para obter o Bilhete Único Mensal.
 
A medida também permite ao usuário fazer viagens integradas ao Metrô e trens da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) pelo período de 31 dias, com taxa fixa mensal de R$ 230. O mesmo valor, de R$ 140, será cobrado para uso apenas no Metrô e na CPTM.
 
Considerando o valor de R$ 230 para o Bilhete Único Mensal Integrado, a adesão só vai valer a pena para pessoas que pretendem realizar a partir de 50 viagens ao mês, ou seja, para quem  faz mais viagens do que uma simples ida e volta ao trabalho de segunda a sexta-feira.  Isso porque, se o crédito inserido não for totalmente gasto, o usuário perde o valor da recarga ao fim do prazo.