quarta-feira, 28 de agosto de 2013

São Paulo e Guarulhos farão integração do uso do bilhete único

13/05/2013 - DCI

O deputado Gerson Bittencourt (PT) apresentou uma proposta para que o bilhete único, implantado em São Paulo e Guarulhos, possa ser utilizado pelos usuários do transporte coletivo nas duas cidades paulistas. O desafio foi lançado durante audiência pública realizada na última terça-feira na Assembleia Legislativa, em comemoração aos 9 anos da implantação do bilhete único na cidade de São Paulo. A audiência foi promovida pela Frente Parlamentar em Defesa da Implantação do Bilhete Único Metropolitano, coordenada pelo deputado Gerson Bittencourt.

Presentes na audiência, os secretários de Transportes de São Paulo, Jilmar Tatto, e de Guarulhos, Atílio André Pereira, aceitaram o desafio e se prontificaram a dar início aos estudos para a integração do uso do bilhete único.

"Quem mora em Guarulhos e trabalha ou estuda em São Paulo e vice-versa poderá utilizar o cartão, com os benefícios proporcionados pelo bilhete único", explica o deputado. Segundo ele, é possível do ponto de vista técnico e operacional a integração do uso do sistema.

Já o secretário de Transportes de São Paulo, Jilmar Tatto, considera "a ideia genial, pois não há custos nem dificuldades técnicas e vai facilitar a vida dos usuários". Segundo ele, se o cidadão usar o bilhete em São Paulo, o dinheiro fica para São Paulo, valendo o mesmo para Guarulhos.O secretário entende que "o governo do estado não liderou este processo, exemplo disso é a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU), que não faz parte da integração".

O secretário de Transportes de Guarulhos, Atílio André Pereira, fez, durante a audiência, um telefonema ao prefeito Sebastião Almeida e relatou a proposta. "O prefeito autorizou a análise técnica da proposta, pois avaliamos que é possível fazer a integração do uso, sem prejuízos para a administração e com ganhos para os usuários", ponderou o secretário.

Estava presente também na audiência o secretário de Transportes de Campinas, Sergio Benassi, e o presidente da Associação Nacional de Transportes Públicos (ANTP), Ailton Brasiliense.

Para Gerson Bittencourt, o uso do bilhete único é uma forma criativa e plausível "para não esperar mais a inoperância do governo do estado, que há mais de dez anos discute a implantação do bilhete único na Região Metropolitana de São Paulo". O deputado também sugeriu ao secretário de Transportes de Campinas, Sérgio Benassi, que estude esta integração entre Campinas e outras cidades da Região Metropolitana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário