segunda-feira, 15 de abril de 2013

Avenida Paulista e marginais terão corredores de ônibus

13/04/2013 - O Estado de São Paulo

A Prefeitura tem plano para que a malha de corredores de ônibus da capital chegue a 400 quilômetros de vias. Na terça-feira (9), a administração municipal incluiu em seus planos um mapa que prevê corredores exclusivos na Avenida Paulista e em trechos das Marginais do Tietê e do Pinheiros.

Ainda não há prazo para que essas obras saiam do papel, mas não devem ser tocadas na atual gestão do prefeito Fernando Haddad (PT). Como ainda não existe projeto executivo (o plano final, que guia a obra durante sua execução), não há definição se a Paulista terá um corredor central ou se a proposta será simplesmente transformar as atuais faixas exclusivas - que já existem, à direita - em corredores.

Os corredores de ônibus que a cidade deve ganhar têm diferenças importantes, segundo a avaliação de técnicos, em relação às faixas e corredores existentes. Para começar, o pagamento da passagem vai ser feito na própria plataforma, que estará construída no mesmo nível dos degraus de embarque. Além disso, os corredores terão faixas para que um coletivo ultrapasse o outro. Tudo isso serve para aumentar a velocidade média dos ônibus.

A cidade passa ainda por um processo de troca dos pontos de ônibus, a cargo da empresa Otima. A presidente da empresa, Violeta Kertész Noya, disse que seu projeto - vencedor de uma licitação da gestão Kassab, que tem quatro modelos - não prevê esse tipo de ponto de embarque. Mas ela afirmou que podem ser feitas mudanças.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo

Nenhum comentário:

Postar um comentário