sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013

O que você precisa saber sobre o novo corredor de ônibus Guarulhos – ABCD

23/01/2013 - Via Trólebus

O prefeito de São Paulo Fernando Haddad, e o governador Geraldo Alckmin se reuniram ontem para firmarem as primeiras parcerias, conforme você leu aqui no Via Trolebus. Agora, novas informações são divulgadas sobre o corredor Guarulhos – ABCD:
As obras devem ser iniciadas em dezembro do corredor que deve ser em forma de BRT (Bus Rapid Transit). A elaboração ficará a cargo da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos), juntamente com a SPtrans.
Bom e Bilhete Único
Uma novidade é que o cartão BOM e o Bilhete Único poderão ser utilizados. "Não vamos decidir unilateralmente. É o convênio que nos embasa. Você tem desde a discussão de receita e planejamento da rede, até a definição e aprovação da infraestrutura", explica o presidente da EMTU, Joaquim Lopes.
O corredor
O novo corredor chamado de Perimetral Leste vai ligar o terminal São Mateus à Guarulhos, beneficiando os usuários que utilizam os trólebus do corredor ABD. Os passageiros poderão fazer a integração em São Mateus, mas ainda não está definido se alguma taxa será cobrada.
Estão previstos estações em Dom Bosco, permitindo a integração com a linha 11 – Coral da CPTM, além do já construído Terminal CECAP, em Guarulhos, que será o ponto final, próximo à Rodovia Presidente Dutra.
Serão 26 paradas, distribuídas ao longo de 26 km de extensão. A velocidade média dos veículos chegará a 25 km/h. Serão adquiridos 195 ônibus atender a demanda.
Linha Expressa
Outra novidade é a linha expressa. Cada sentido do corredor terá duas faixas, permitindo que parte dos ônibus circule sem parar nas estações, agilizando a viagem dos usuários que pretendem descer apenas no final da linha:
"Nesse projeto está prevista a criação de uma faixa adicional, de tal sorte que quando você tem um veículo embarcando ou desembarcando, tem outro veiculo passando", explica o presidente da EMTU, Joaquim Lopes.
Fases da obra
O corredor não será construído de uma vez. O trecho 2, o maior entre as três fases será a primeira. O trajeto tem 14,4 km e 14 estações e segue pela avenida Jacu- Pêssego. A previsão é que a obra fique pronta em 1 ano, após o inicio das construções.
Já é o trecho 1 sairá de São Mateus e segue o trajeto da avenida Ragueb Choff, por 6 estações e 4,6 km de extensão. O início das obras neste trecho depende da definição sobre a reformulação do terminal São Mateus com chagada do Monotrilho da Linha 15 – Prata.
O trecho 2 ligará a estação Ayrton Senna ao Terminal CECAP, em Guarulhos, terá 7,7 km e também não tem previsão para começar a ser construído.

Nenhum comentário:

Postar um comentário