terça-feira, 4 de dezembro de 2012

São Bernardo do Campo terá ônibus alinhado por sensores na pista

04/12/2012 - Via Trólebus

Para quem acha que corredores de ônibus são apenas faixas exclusivas por onde os coletivos trafegam separados dos demais veículos, importante conhecer este novo projeto que deve ser implantado em São Bernardo do Campo.
Pelo menos dois dos doze corredores previstos para ficarem prontos a partir de 2013, o Alvarenga e João Firmino vão ter em alguns trechos sistemas óticos para alinharem os veículos às guias. Esta tecnologia permite que os ônibus sejam alinhados automaticamente por sensores na pista, nas guias e nos veículos, independentemente da ação do motorista, que neste momento apenas faz o veículo parar ou andar. A direção fica por conta do sistema. (A imagem acima mostra sistema semelhante com trólebus na cidade de Lyon, na França)
Nos demais trechos sem o sistema óptico, a condução será de maneira tradicional.
Apesar de os custos serem considerados altos, o secretário de Transportes e Vias Públicas de São Bernardo, Oscar Silveira Campos, afirma que valem a pena por melhorarem o atendimento, reduzirem os riscos de acidente e aumentarem a velocidade comercial dos coletivos.
A funcionalidade faz também com que economize no espaço urbano. Os corredores podem ser mais estreitos nos trechos, com menos área de segurança, pelos riscos de falhas serem menores em comparação à condução convencional.
Outra funcionalidades devem ser implantadas neste corredores no futuro, como estações que permitem embarque no mesmo nível do ônibus, proteção para o passageiro do clima, pagamento da tarifa antes do embarque no veículo e sistemas com painéis eletrônicos de informação, com dados sobre as linhas, horários, itinerários e previsão de quanto os ônibus vão demorar para chegarem às estações.

Por Renato Lobo



Enviado via iPhone

Nenhum comentário:

Postar um comentário