domingo, 12 de agosto de 2012

Em São Paulo, Usuário tem um olho no ponto e outro na internet

10/08/2012 - Diário de SP

Já virou rotina: antes de ir para o trabalho, a roteirista de cinema Tainá Mühringer acessa em seu celular o site da SPTrans (São Paulo Transporte) e lá entra no sistema Olho Vivo, que fornece a localização precisa do ônibus que ela precisa pegar. “Assim, eu não espero no ponto. Espero na minha casa”, afirma.

A SPTrans disponibilizava desde 2008 um serviço que mostrava somente a velocidade média e o tempo de percurso dos ônibus nos principais corredores da cidade. 

Desde março deste ano o programa foi ampliado para facilitar ainda mais a vida dos oito milhões de usuários que utilizam os 15 mil ônibus da frota da capital todos os dias.
Há cinco meses, quem acessa o endereço eletrônico olhovivo.sptrans.com.br pode buscar nos links De Olho na Linha, De Olho no Ponto e De Olho na Via informações como o tempo que falta para a chegada do próximo ônibus.
Assim, o passageiro pode monitorar, em tempo real, todo o sistema de ônibus de São Paulo, tendo acesso a várias informações: em quanto tempo ele vai passar, em que posição do itinerário está o próximo coletivo dessa linha e qual o tempo médio do percurso nos principais corredores.
O De Olho na Linha localiza os ônibus que poderão atender o usuário ao longo do trajeto da sua linha. Ele está disponível para os 1.360 itinerários.
O De Olho no Ponto mostra em quanto tempo e quais linhas se aproximam do ponto que o usuário está ou vai utilizar em uma das vias exclusivas de ônibus. Esse serviço está disponível nos corredores Rio Bonito, Santo Amaro, Rebouças, Pirituba e Expresso Tiradentes.
Todas as informações podem ser acessadas via internet, de casa ou do trabalho, e também estão disponíveis em celulares smartphones e equipamentos móveis com acesso à internet, rodando Android e iOS da Apple. No Corredor Rebouças e no Terminal Santo Amaro o sistema wi-fi está disponível aos usuários.
O sistema Olho Vivo foi criado em 2005 com objetivo de ampliar a fiscalização dos 15 mil ônibus da frota da cidade. Ele foi ampliado em 2008 e os dados sobre velocidade e previsão de partidas começaram a ser disponibilizados aos passageiros, que conseguiam acompanhar on-line a velocidade dos principais corredores. Nos pontos, o tempo de espera para o próximo ônibus com painéis eletrônicos era informado em painéis. O sistema evoluiu e agora o usuário acessa informações pela rede móvel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário