sexta-feira, 15 de junho de 2012

Zona sul ganha 9,3 km de corredores de ônibus

14/06/2012 - Band.com.br

A partir de sábado, região de Interlagos terá novas faixas exclusivas; multas começam na segunda

Motoristas que desrespeitarem a faixa serão multados em R$ 53,20, além de somar três pontos na carteira

André Porto/Metro
Ariel Kostman/Do Metro São Paulo noticias@band.com.br

Campinas: corredor de ônibus exige parceria
RJ inaugura corredor expresso de ônibus
Soninha quer reformular corredores de ônibus
Kassab deixa obras para sucessor
 
Começa a funcionar no sábado um novo corredor de ônibus na zona sul de São Paulo. A faixa exclusiva, om 9,3 km, passa pelas avenidas Senador Teotônio Vilela, Interlagos, Olivia Guedes Penteado, Rio Bonito, Brigadeiro Gavião Peixoto e Barão de Jundiaí.
 
Esses serão os primeiros quilômetros de corredores entregues pelo prefeito Gilberto Kassab. A atual administração havia prometido construir 69 km de corredores de ônibus até o final do ano, mas até agora nenhum foi entregue. Além disso, dos 38 km que  seriam requalificados, apenas 10 km, na Rebouças, passam por melhorias.
 
A nova faixa exclusiva vai funcionar de segunda a sexta, das 6h às 20h. Apenas um trecho de 500 metros na Teotônio Vilela vai operar sete dias por semana, 24 horas por dia. No sábado, agentes da CET estarão na região para orientar os motoristas. A partir de segunda, quem desrespeitar a faixa será multado em R$ 53,20, além de somar três pontos na carteira.
 
As obras fazem parte de um pacote de 130 km de vias exclusivas para o transporte coletivo que o prefeito Gilberto Kassab (PSD) promete entregar até o final do mandato. Entre as próximas vias que devem receber faixas exclusivas estão a Vital Brasil e a  Cruzeiro do Sul, na norte. 
 
Para a zona leste, estão previstos 12,4 km nas avenidas Líder e Itaquera. Também devem receber faixas exclusivas as avenidas Domingos de Morais, Engenheiro Caetano Álvares, Eliseu de Almeida e Jabaquara.
 
Em algumas, a restrição aos automóveis poderá valer apenas nos horários de pico.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário