terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Prefeitura de SP diz que vai investir R$ 190 milhões em obras para ônibus

04/01/2011 - G1 SP

Secretário de transportes respondeu perguntas sobre aumento no SPTV.
Valor da tarifa sobe para R$ 3 nesta quarta-feira (5).

O secretário municipal de Transportes de São Paulo, Marcelo Cardinale Branco, disse nesta terça-feira (4) que a Prefeitura de São Paulo irá investir cerca de R$ 190 milhões em obras para aumentar a velocidade dos ônibus na cidade. Segundo ele, há R$ 743 milhões reservados para o setor no orçamento da cidade – R$ 550 milhões serão direcionados para subsidiar a manutenção do sistema e o restante será investido em melhorias nos corredores.

De acordo com ele, serão priorizadas obras em corredores das zonas Leste e Sul – como Estrada do M’Boi Mirim e Radial Leste. O secretário foi entrevistado no estúdio do SPTV 1ª edição sobre o aumento da passagem de ônibus, que sobe para R$ 3 nesta quarta-feira (5), e respondeu a perguntas dos telespectadores enviadas pela internet.

Esta terça é o último dia para fazer a recarga do bilhete único com o valor atual, de R$ 2,70. Passageiros reclamam do aumento por terem que enfrentar ônibus lotados e muito tempo no transporte.

Branco esclareceu que a prioridade da Prefeitura é aumentar a velocidade dos ônibus. “Se você aumentar em 50% ou 40% a velocidade comercial dos ônibus, seria semelhante a colocar mais 6 mil ônibus no sistema. Nós temos que lutar para que essa velocidade, que ainda é muito baixa, seja aumentada com alterações e melhorias no sistema”, explicou ele.


De acordo com o secretário, as obras necessárias para isso serão pagas com dinheiro do orçamento, e não com o aumento. “A tarifa entra no caixa da prefeitura, e a prefeitura paga uma tarifa por pessoa para os permissionários. Quando aumenta a tarifa eles não vão ganhar mais por causa disso. Estamos propondo que a tarifa que é paga seja suficiente para manter o sistema, e as gratuidades serão pagas pela prefeitura. Isso dá em torno de R$ 550 milhões.”

Para Branco, o sistema de transporte de São Paulo atualmente tem uma prestação de serviços satisfatória. “A matriz de transporte em São Paulo é feita em cima dos ônibus. É um sistema muito complexo, e frente a essa complexidade ele apresenta desempenho satisfatório.É lógico que nós sabemos que tem muito a avançar”.

M’Boi Mirim

O secretário também comentou as mudanças feitas no corredor da Estrada do M’Boi Mirim – passageiros reclamam que o tempo de espera no terminais aumentou. “No Grajaú, diminuímos em torno de 11% o tempo de viagem de quem pega o ônibus na ponta da linha. É evidente que se existem uma espera grande nós temos que fazer uma adaptação. Tem que ser um trabalho permanente de melhora do sistema”, disse ele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário