segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Trem, metrô e trólebus já estão rodando com a tarifa mais cara

09/02/2010 - Agora São Paulo

Folha Online

As tarifas do metrô e da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) sobem hoje para R$ 2,65 em São Paulo. Os créditos do bilhete único carregados até o fim da noite de ontem poderão pagar o valor antigo da passagem unitária, R$ 2,55, até que os créditos se esgotem, segundo a SPTrans (empresa que gerencia o transporte coletivo). O mesmo ocorre com os demais cartões, como o Escolar e o Fidelidade.

De acordo com a SPTrans, no bilhete único comum, por exemplo, é possível carregar até R$ 200 em créditos de uma só vez. Com o reajuste, a tarifa do metrô --geralmente mais cara que a dos ônibus-- ficou abaixo dos R$ 2,70 fixados no último aumento da passagem de ônibus.

Em vigor desde 4 de janeiro, a tarifa de ônibus, que custava R$ 2,30, foi reajustada em 17,4%. Já a tarifa do bilhete único, que faz a integração com os ônibus municipais, vai passar de R$ 4 para R$ 4,07.

Segundo a Secretaria de Estado dos Transportes Metropolitanos, desde o final de 2006 até janeiro deste ano, a tarifa do bilhete do metrô foi reajustada em 15,2% e a do bilhete único aumentou 16,3%. A secretaria afirma que os reajustes são inferiores ao índice de inflação medido pelo IPC (Índice de Preços ao Consumidor) da Fipe, que foi de 17,4% no mesmo período.

As tarifas dos ônibus intermunicipais das três regiões metropolitanas do Estado de São Paulo --Campinas, Baixada Santista e São Paulo-- também estão mais caras a partir de hoje.

O reajuste da EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos), que é anual e segue critérios dos contratos com as empresas de ônibus e os custos do setor, teve um aumento médio de 4,1%. O trólebus do corredor São Mateus-Jabaquara também aumentou para R$ 2,65 a partir de hoje.

Nenhum comentário:

Postar um comentário